Justiça autoriza exame de insanidade mental de sobrinho que matou tia e arrancou o coração dela em Sorriso

0
Sobrinho foi preso suspeito de matar a tia em Sorriso — Foto: Rafael Sousa/Portal Sorriso

A Justiça autorizou que o rapaz de 28 anos, acusado de matar a tia, Maria Zélia da Silva, de 55 anos, no dia 2 de julho, em Sorriso,  seja submetido a exame de insanidade mental.

O réu é acusado de assassinar a tia, tirar o coração da mulher e entregar o órgão para a filha da vítima. Ele confessou o crime.


Continua depois da publicidade

A decisão é do juiz Anderson Candiotto, da Primeira Vara Criminal.

De acordo com o magistrado, a decisão atende a um pedido da defesa, que quer atestar que o acusado tem insanidade mental, contrariando o que acredita o Ministério Público Estadual (MPE).

-Continua depois da publicidade ©-




-Patrocinador-