Casal é encontrado morto ao lado de carro e legista identifica sinais de intoxicação por monóxido de carbono em MT

Os corpos apresentavam vermelhidão e não havia sinais de violência. Uma pessoa teria visto o casal no carro e supostamente retirado do automóvel.

0

Um casal foi encontrado morto ao lado de um carro na noite da última sexta-feira (30) em Rondonópolis, a 218 km de Cuiabá.

O médico legista informou à DHPP, preliminarmente, que a causa da morte ocorreu por intoxicação de monóxido de carbono.

O veículo estava estacionado em uma rua no bairro Dom Ozorio. Uma pessoa teria visto o casal no carro e supostamente retirado do automóvel.

Quando a polícia chegou encontrou o casal ao lado do carro, aparentemente sem sinais de vida.

Os corpos apresentavam vermelhidão e não havia sinais de violência. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi ao local e constatou a morte.

Um médico legisla contou aos policiais que a causa da morte foi por intoxicação por monóxido de carbono. O veículo foi apreendido e também será periciado.

A investigação estão sendo conduzida pela DHPP de Rondonópolis para apuração e esclarecimento do caso.

De acordo com a Sociedade Brasileira de Pneumologia e Tisiologia (SBPT), as moléculas de monóxido de carbono se ligam à hemoglobina presente no sangue. Isso dificulta a circulação e distribuição do oxigênio – essencial para vida humana – no corpo. É uma morte por asfixia.

Os sintomas da asfixia por monóxido de carbono são:

  • Dores de cabeça
  • Tontura
  • Fraqueza
  • Dores abdominais e vômitos
  • Dor no peito
  • Confusão mental

Na maioria das vezes, as vítimas não percebem que estão sob efeito do monóxido de carbono justamente porque o gás não tem cheiro nem cor.