Arena Pantanal receberá pela primeira vez Sinop Coyotes versus Cuiabá Arsenal

Os dois times mais antigos do estado (+idade) e com mais batalhas nas costas (+experiência). A expectativa é de duelo empolgante entre os gigantes de MT

0
Foto: Junior Martins/AACA

Os ‘casca grossa’ do futebol americano de Mato Grosso, o Cuiabá Arsenal e o Sinop Coyotes se confrontarão pela 16ª vez no próximo domingo (01/09), às 16h, pela quarta partida de ambos no Campeonato Brasileiro de Futebol Americano (série A), com ingressos por R$ 20,00 (inteira) e R$ 10 (meia), na Arena Multiuso Governador José Fragelli – Arena Pantanal, em Cuiabá. E será a 11ª vez que o time da capital promove uma batalha no estádio da Copa do Mundo Fifa de 2014.

De 2010 para cá, data do primeiro confronto desse clássico, o Cuiabá Arsenal e o Sinop Coyotes se enfrentaram 15 vezes, sendo doze vitórias para a capital e três para o interior. E o último desses embates ocorreu poucos dias atrás, no domingo (18.08), no Estádio Municipal Massami Uriu, em Sinop, uma guerra intitulada ‘Batalha dos Gigantes’ e vencida pelo Arsenal por 24 a 17. Mas tal retrospecto fala pouco do Sinop Coyotes, que é o rival mais raçudo de MT.


Continua depois da publicidade

“O Sinop Coyotes é dos mais tradicionais do estado e do país e esse será nosso segundo confronto contra eles pelo brasileiro deste ano. Tivemos uma guerra no primeiro encontro, lá na casa deles, e esperamos, em nossa casa, um rival ainda mais sedento por vitória. Eles atacarão nossas falhas com muita intensidade e eficiência, mas nós estudamos eles, sabemos quais os pontos fortes e fracos e, dessa forma, tentaremos controlá-los”, avalia o capitão da defesa, Igor Mota.

No atual Campeonato Brasileiro, o Cuiabá Arsenal possui uma campanha de três partidas, duas vitórias e uma derrota (2-1), e o Sinop Coyotes têm três derrotas (0-3). Enquanto os outros dois times desse grupo Oeste, o Sorriso Hornets e o Rondonópolis Hawks também estão amontoados com duas vitórias e uma derrota (2-1). E tal situação de campanhas equilibradas torna essencial vencer o quarto dos seis jogos da fase de grupos do Campeonato Brasileiro.

-Continua depois da publicidade ©-

“Queremos dar show para o público. Mostrar a evolução do time. Espero que o público saia da Arena Pantanal com uma boa experiência e animado para voltar. Vamos jogar como se já fosse confronto de playoffs (mata-mata). Eles estão sem vitórias e lutarão muito para tê-la. E nós não descansaremos até vencermos. Vamos usar novas estratégias e mostrar nossos playmakers (atletas criadores de jogadas)”, conta o quarterback norte-americano, Thomas Kudyba.

O Cuiabá Arsenal vem de duas vitórias, venceu o Rondonópolis Hawks por 35 a 32, no final de julho, um confronto intitulado ‘Batalha Laguna’, no 44° Batalhão de Infantaria Motorizado (44° BIMtz), em Cuiabá, e ganhou do Sinop Coyotes por 24 a 17, confronto chamado ‘Batalha dos Gigantes’, no estádio Gigante do Norte, em Sinop. E, além disso, um dado interessante é que dos 15 históricos jogos contra o Sinop Coyotes (12-03), o Cuiabá Arsenal nunca perdeu em casa.

Cortesia Social

Projetos sociais esportivos, escolinhas de futebol e instituições filantrópicas tem sido convidadas e tem ganhado cortesias para prestigiar a ‘Batalha dos Gigantes’ do futebol americano de MT. É um esforço do Cuiabá Arsenal para criar parcerias e valorizar essas entidades e os jovens e assim também reunir bons públicos nas partidas na Arena Pantanal. E algumas dessas entidades são: Futsal Sem Drogas, Instituto Reação, Atlético Esportivo Real Sociedade e escolinha Zico 10.

Balanço Arena

O primeiro evento esportivo da história da Arena Pantanal ocorreu no dia 02 de abril de 2014, um jogo teste do estádio à Copa do Mundo, entre Mixto e Santos, um empate de zero a zero pela Copa do Brasil. E, de lá para cá, já se passaram 1975 dias ou cinco anos, quatro meses e 26 dias, e o Cuiabá Arsenal conseguiu mandar dez partidas no local. Utilizou o espaço em dez dos 1975 dias, o que equivale a apenas 0,5% dos dias de vida da Arena Multiuso Pantanal.

O Cuiabá Arsenal reuniu a soma total de 34.998 torcedores de futebol americano em dez jogos na Arena Pantanal, o que dá uma média de 3.499 torcedores por evento. Sendo que os dois primeiros jogos tiveram 15.197 torcedores (em 2015) e 11.798 (em 2016) e que são até hoje os dois maiores recordes de público de todo o futebol americano do país. E as outras oito partidas tiveram públicos que variaram entre 580 e 2130. Acompanhe a saga do Arsenal pelas redes sociais.

Contexto

O Campeonato Brasileiro de Futebol Americano (série A), de nome oficial ‘Liga BFA – Elite, conta com 33 times de 15 unidades federativas e organizadas em 4 grupos regionais: Conferência Centro-Oeste, Conferência Sudeste, Conferência Sul e Conferência Nordeste. E a Centro-Oeste possui oito times, sendo Tubarões do Cerrado, Leões de Judá, CG Predadores e Brasília Templários no subgrupo Centro e Cuiabá Arsenal, Sinop Coyotes, Rondonópolis Hawks e Sorriso Hornets no subgrupo Oeste.

Os times do subgrupo Oeste se enfrentam em jogos de ida e de volta, o que dá a soma de seis partidas para cada equipe na primeira fase (fase regular) e os dois melhores do grupo avançam para a segunda fase (fase de playoffs). No qual enfrentarão os dois melhores do outro subgrupo, o Centro, e a equipe que restar representará a Conferência Centro-Oeste nos playoffs nacionais, ou seja, jogará as semifinais contra o representante de outra conferência por uma vaga na final.

Patronos e Beneméritos

Conheça os protetores do Arsenal: Sicredi – Sistema de Crédito Cooperativo, Sorveteria Nevaska, Clínica Genus, Universidade de Cuiabá, Fato Cursos, GTX Sports, Pizzaiolla, Sinepe-MT, Unimed Cuiabá, Vida Diagnóstico e Saúde e Vida Imagem.

Veja quem ajuda o Arsenal: academias Phidias, Metta Fitness, Hard Training, Xavante CrossFit, Squad CrossFit e também a Polícia Militar, Influx Escola de Idiomas, Comercial Eldorado, Eder Sports, Malcom Pub, Instituto Iglesias de Odontologia, restaurante BonGrille, Água Puríssima e Prefeitura de Cuiabá.





-Patrocinador-