;
;
;
;
;
;

Uma operação conjunta entre as Polícias Civil e Militar resultou na detenção de oito pessoas, entre elas, três mulheres. Duas armas de fogo, sendo um revólver calibre 38 e uma pistola 9mm, foram apreendidas.

Certa quantia em entorpecente e dinheiro também foram encontrados durante incursão policial, que aconteceu em alguns bairros, porém, com enfoque na rua Ingás, no bairro Jardim Primaveres.

-- --

“Uma operação com muitos conduzidos. Foi fruto de uma investigação que aconteceu aqui na delegacia e hoje (23) as equipes fizeram essa investida no bairro Primaveras”, disse o delegado Daniel Nery.

Enquanto os policiais faziam campana, puderam observar um dos suspeitos saindo de dentro da casa com um volume na cintura, aparentando ser uma arma de fogo.


-Continua depois da publicidade ©-

“Na abordagem já perceberam duas armas na cintura do suspeito e fizeram sua prisão. Dentro da casa foram localizadas diversas porções de drogas”. Ainda de acordo com o delegado todos os detidos nessa operação eram alvo de investigação por suposto envolvimento com o crime de tráfico de drogas. “Inclusive alguns saíram recentemente da cadeia e já choveu informações de que eles já estavam envolvidos na criminalidade”, salientou Nery.

Os suspeitos estavam em liberdade condicional e precisaram estar utilizando a tornozeleira eletrônica, mas conseguiram retirar o dispositivo de rastreamento e estavam jogados dentro da casa.

O Tenente PM Amaro, do 13º Batalhão comentou que foi mais uma ação integrada com grande resultado. Ainda de acordo com o militar, por diversas vezes as polícias em ação conjunta combateu o tráfico na mesma rua.

“A rua Ingá já é bastante conhecida das forças de segurança, onde já tivemos outras operações integradas, inclusive com o mesmo cunho no combate ao narcotráfico e porte ilegal de arma de fogo”, comentou.