;
;
;
;
;
;
;
;
;

 

Um incêndio de grande proporção atingiu ao menos duas chácaras do assentamento 30 de Novembro, aos fundos do bairro Jaime Seiti Fujii, em Lucas do Rio Verde-MT, na manhã dessa sexta-feira (23).


Continua depois da publicidade

Em pelo menos uma das chácaras o prejuízo foi grande, tendo em vista que uma pequena plantação de cana-de-açúcar foi atingida.

O estrago não foi maior, pois o proprietário, com ajuda de vizinhos e com apoio de bombeiros militar e de um caminhão pipa da prefeitura municipal, evitou que fogo atingisse outras partes produtoras da chácara.

-Continua depois da publicidade ©-

O susto foi maior na chácara vizinha, pois as chamas se alastraram e atingiram diversas árvores. No local, além de muita folha seca, havia entulhos e madeiras, que intensificaram o fogo.

O incêndio se aproximou de uma casa de madeira e a preocupação era que a mesma fosse tomada pelo fogo. Os bombeiros rapidamente combateram as chamas, evitando danos maiores.

“Avaliando o cenário aqui, uma espécie de planta que está nesse local, ela solta um tipo de pluma que é muito parecido com algodão. Essa pluma contribuiu, de maneira não proposital, para a geração desse grande incêndio. Nossa maior preocupação era a casa de madeira”, salientou Alexsandre Silva, bombeiro Militar.

O militar aproveitou a oportunidade para orientar a população, tanto da zona urbana, bem como das áreas rurais, para que evitem colocar fogo em lixo (o que é proibido), principalmente nesse período de seca e baixa umidade relativa do ar.

“A gente faz um clamor social. E a grande preocupação de todos os órgãos envolvidos no combate a incêndios é esse crescimento nos focos de calor, não só no município de Lucas do Rio Verde, mas em todo Estado de Mato Grosso que está liderando o ranking de incêndios. Pedimos a toda sociedade maior empenho na preservação e evitar a todo custo qualquer tipo de fogo”, finalizou o militar.





-Patrocinador-