Uma idosa em poder de uma arma de fogo envolvida com grilagem de terras na região do município de Comodoro (644 km a Oeste) foi presa, em  ação integrada da Polícia Judiciária Civil e Secretaria Estadual do Meio Ambiente, deflagrada na quarta-feira (21.08).

A suspeita, A.O., de 69 anos, foi autuada em flagrante pelos crimes de posse irregular de arma de fogo de uso permitido e esbulho possessório. A conduzida poderá também responder por delitos contra a fauna e flora.

--
-Continua depois da publicidade ©-
--

O trabalho em conjunto foi realizado pelos policiais civis e servidores da Sema, em cumprimento a uma ordem de serviço, tendo como alvo uma área de desmatamento e invadida por grileiros, situada na Gleba 12 de Outubro, zona rural do município de Comodoro.

Durante as diligências foi apurado que a idosa possui quatro lotes de terras adquiridos por meio de invasão. Com ela foi apreendida uma garrucha artesanal calibre 22, uma motosserra e alguns galões contento gasolina e óleo queimado, possivelmente,  utilizados para derrubar a vegetação e serrar madeira para construção de casa.


-Continua depois da publicidade ©-

Diante dos fatos constatados, a suspeita foi encaminhada à Delegacia de Polícia de Comodoro para esclarecimentos. A idosa foi interrogada e responderá inquérito por posse irregular de arma de fogo de uso permitido, esbulho possessório, podendo ser também indiciada por crime ambiental.