Engenheiro é preso suspeito de estuprar menina de nove anos

0

Um engenheiro civil foragido da Justiça pelo crime de estupro de vulnerável, foi preso pela Polícia Judiciária civil, na tarde de quinta-feira (15.08), na Capital, em ação da Gerência Estadual de Polinter e Capturas.

Hoje, com 41 anos, ele teve a ordem judicial de prisão preventiva decretada pela 14ª Vara Criminal da Comarca de Cuiabá, após ser condenado a pena de 12 anos de reclusão por estupro de vulnerável.


Continua depois da publicidade

O procurado foi localizado e preso pelos policiais civis da Polinter no bairro Nossa Senhora Aparecida.

Segundo apurado, o engenheiro tinha conhecimento da condenação pelo crime de violência e abuso sexual, cometido no ano de 2012, tendo como vítima uma menina, de 9 anos.

-Continua depois da publicidade ©-

Para não ser descoberto, o engenheiro civil vivia em municípios do interior do Estado, alternando sua permanência nas cidades. Ele passou por Colíder, Alta Floresta e Sinop, sempre na intenção de dificultar o trabalho da polícia.

Durante diligências investigativas, a equipe da Polinter levantou suspeitas que ele estaria em Cuiabá. De posse das informações os investigadores em trabalho de monitoramento, lograram êxito em surpreender o procurado no bairro Nossa Senhora Aparecida.

Ao ter o mandado de prisão preventiva por condenação cumprido, ele foi conduzido até a Polinter para providências cabíveis. Posteriormente o preso foi apresentado para audiência de custódia, ficando à disposição da Justiça.





-Patrocinador-