Mais de 400 casos suspeitos de microcefalia foram registrados em MT nos últimos 4 anos

Deste total, 80 casos foram confirmados e 115 continuam sendo investigados. Em julho deste ano, três casos foram registrados.

0

De acordo com dados do boletim epidemiológico da Secretaria Estadual de Saúde (SES), Mato Grosso registrou 427 casos suspeitos de microcefalia, entre os anos de 2015 e 2019. Deste total, 80 foram confirmados e 115 estão sendo investigados.

A maior parte das suspeitas foram registradas em Rondonópolis, a 218 km de Cuiabá, com 114 notificações. O que corresponde a 62% do número de casos.

Em seguida vem a capital, com 67 notificações, Cáceres, com 58 e Várzea Grande, com 28 casos. Outros 70 municípios também apresentaram registros.

Do total de casos registrados nesses quatro anos, 202 foram descartados, 25 foram classificados como prováveis e seis tiveram laudo inconclusivo.

Entre os casos confirmados, 21 ocorreram em Rondonópolis e 18 em Cuiabá. Dos que estão sendo investigados, 32 são de Cuiabá, 19 de Várzea Grande e 16 de Rondonópolis.

Neste ano, em todo o estado, foram registradas oito notificações de alterações no sistema nervoso central. Três casos foram notificados em julho.



Além desses casos, houve registros de possíveis casos, durante a gestação, que acabaram em mortes. No total, foram 40 notificações.