Deputado federal Nelson Barbudo se reúne com revendedores de combustíveis

0

O deputado federal Nelson Barbudo (PSL) esteve reunido com revendedores na manhã desta quarta-feira (31), no Sindipetróleo (Sindicato do Comércio Varejista de Derivados de Petróleo, Gás Natural e Bicombustíveis de Mato Grosso). O presidente da entidade, Aldo Locatelli, explicou sobre os diversos cenários que impactam o setor.

Locatelli citou que, devido a diferença de ICMS entre Mato Grosso e estados vizinhos, o consumo de óleo diesel não acompanha o crescimento da produção agrícola e destacou que as reduções que a Petrobras realiza nas refinarias nem sempre chegam na sua totalidade aos postos. “Desde a adoção de novo formato na política de ajuste de preços pela estatal em 2017, a gasolina acumula alta de 25% de preço, nas refinarias. Já o diesel atinge alta de 48%.

Locatelli lembrou que a sonegação contribui para uma concorrência desleal que deve ser combatida nacionalmente, pois prejudica os cofres públicos, comércio e consumidor final. Destacou a preocupação com normas extremamente rígidas e onerosas ao lembrar que os mais de 40 mil postos existentes no Brasil, sendo 1.010 em Mato Grosso, são obrigados a lavar o uniforme dos funcionários, porém estudos comprovam que não há perigo de contaminação por conta do benzeno existente na gasolina. A lavagem do uniforme do funcionário pelo posto com frequência mínima semanal é determinação que consta na Portaria 1.109/2016 do Ministério do Trabalho e Emprego.

Barbudo afirmou que é possível estabelecer um diálogo com o chefe do executivo, primeiramente levando uma pauta ao ministro da economia, Paulo Guedes. O parlamentar disse é preciso apresentar dados sobre a importância do setor no desenvolvimento econômico para fazer uma gestão mais assertiva e válida para todo o Brasil, não apenas para Mato Grosso.

O Sindipetróleo vai elaborar um estudo para apresentar ao deputado contendo informações, dados e análises sobre os temas abordados no encontro de hoje.

A reunião foi mediada pelo revendedor Rodrigo Osmar e contou com a participação de José Luiz Demeneghi, Luiz Galvan (Rede Morada), Paulo e João Paulo Borghette, Kaká Alves e do diretor-executivo do Sindipetróleo, Nelson Soares Junior.