Flamengo supera Corinthians e Palmeiras e tem a maior média de renda por jogo no Brasil em 2019

0

O Flamengo é o time com a maior média de renda por jogo no Brasil em 2019. Líder em média de público na temporada, o Rubro-Negro superou Corinthians e Palmeiras também na questão financeira nas arquibancadas. O time carioca tem uma média de renda por partida de R$ 1,7 milhão, ultrapassando os rivais paulistas, que têm R$ 1,6 milhão cada. No último levantamento, o Corinthians era quem tinha a melhor média, com o Palmeiras e Flamengo nas segunda e terceira colocações, respectivamente. Veja abaixo as 10 melhores médias de renda por jogo no Brasil:

Maiores médias de renda por jogo


-Continua depois da publicidade ©-

Time Média por partida Ticket médio Jogos como mandante
Flamengo R$ 1.7 milhão R$ 37 19
Palmeiras R$ 1.68 milhão R$ 56 18
Corinthians R$ 1.63 milhão R$ 48 21
São Paulo R$ 1.3 milhão R$ 49 17
Internacional R$ 1 milhão R$ 44 19
Grêmio R$ 900 mil R$ 43 20
Cruzeiro R$ 575 mil R$ 26 18
Vasco R$ 556 mil R$ 37 19
Atlético-MG R$ 533 mil R$ 27 23
Athletico-PR R$ 497 mil R$ 32 21

Quando o assunto é o total arrecadado com bilheteria em 2019, o Corinthians segue na frente de Flamengo e Palmeiras. O Alvinegro disputou 21 jogos no ano, contra 19 do Rubro-Negro e 18 do Alviverde. Veja abaixo o ranking dos que mais arrecadaram:

Times que mais arrecadaram com bilheteria

Time Renda Bruta Ticket médio Jogos como mandante
Corinthians R$ 34,2 milhões R$ 48 21
Flamengo R$ 33,7 milhões R$ 37 19
Palmeiras R$ 30,2 milhões R$ 56 18
São Paulo R$ 22,3 milhões R$ 49 17
Internacional R$ 20,7 milhões R$ 44 19
Grêmio R$ 18 milhões R$ 43 20
Atlético-MG R$ 12,2 milhões R$ 27 23
Vasco R$ 10,5 milhões R$ 37 19
Athletico-PR R$ 10,4 milhões R$ 32 21
Cruzeiro R$ 10,3 milhões R$ 26 18
O São Paulo, que aparece nos dois rankings na quarta colocação, é dono do jogo que teve a maior renda do Brasil em 2019. No empate em 0 a 0 com o Corinthians, pelo primeiro jogo da final do Campeonato Paulista, o Tricolor teve uma renda de R$ 6,3 milhões, que é a 10ª maior da história do futebol brasileiro.