3ª temporada de ‘La casa de papel’ começa amanhã com novo assalto

Sobreviventes se juntam para resgatar assaltante capturado e novos personagens chegam para um roubo maior que o primeiro. Estreia na Neflix é nesta sexta-feira (19).

0
Elenco da terceira temporada de "La Casa de Papel"' — Foto: Rerodução/Instagram

“Conseguimos escapar, mas agora vem o mais difícil: nos manter vivos”, alerta o Professor no início da 3ª temporada de “La casa de papel”, com estreia nesta sexta-feira (19).
Após realizar o maior roubo da história da Espanha e perder três companheiros, o grupo de assaltantes se reúne para uma nova missão. Tókio e o resto do bando conseguiram fugir, mas Rio foi preso. Agora, se juntam para salvar o amigo, balançar o sistema e embolsar uns trocados.
A temporada tem volta de personagens queridos e a chegada de reforço para o time de assaltantes. É a primeira sob direção da Netflix, após ser produzida pela emissora espanhola Antena 3.
O orçamento está maior, mas os cenários claustrofóbicos são parecidos aos das duas primeiras temporadas.

Qual será a história?

Os sobreviventes do assalto partiram, em dupla, para curtir lugares paradisíacos ao redor do mundo. Quando Tókio resolve se separar de Rio, ele usa um telefone e é capturado pela polícia. Para conseguir salvá-lo, o bando vai recorrer a outro roubo, maior que o primeiro, em um importante símbolo de Madri.

--
-Continua depois da publicidade ©-
--

Quanto tempo se passou desde a última temporada?

É difícil dizer com precisão quanto tempo se passou desde o primeiro assalto. Nesta temporada, as “viagens” temporais são muitas e podem causar vertigem. No mesmo episódio, a história se passa 77 dias antes do segundo assalto, depois 73, aí 62, 50, e então no dia do assalto, claro.

E, de repente, tudo volta para cinco anos antes. Como nada é muito complexo e escondido em “La casa de papel”, não vai ser tão difícil acompanhar, mas é preciso ficar atento.


-Continua depois da publicidade ©-

Quem está de volta?

Quase todos os personagens voltam à série: Professor, Tókio, Rio, Nairóbi, Denver e Helsinki sobreviveram ao primeiro assalto.

A inspetora Raquel e a secretária Mônica agora fazem parte do time de assaltantes e se chamam Lisboa e Estocolmo, respectivamente. Até Arturo Román, o refém mala, reaparece como coach motivacional.

Quantos episódios?

A temporada é mais compacta do que as duas primeiras. Desta vez, são oito episódios de 47 minutos em média.

Têm personagens novos?

Três novos bandidos reforçam o time: dois soldadores profissionais, com a missão de escavar um túnel, e Palermo, novo líder das negociações.

Palermo é um argentino engraçado, mas sanguinário e ocupa o posto de Berlim. Não por acaso: ele era amigo do personagem e a nova invasão é plano conjunto dos dois.

Quem também chega é o bebê de Mônica (grávida na primeira temporada). O nenê é uma graça e recebe o nome de Cincinnati.

Mas e o Berlim?

Berlim despertou paixões e ódios com humor sarcástico, inteligência perspicaz e atitudes machistas. Ao final da segunda temporada, levou tiros para salvar a equipe.

Colocado estrategicamente no trailer da terceira, sua volta é uma grande questão entre os fãs. Morreu ou não morreu, afinal?

Pelos três primeiros episódios, parece que sim. O personagem volta à série apenas em flashbacks neste começo, mas sua participação é um dos melhores momentos.

Terá 4ª temporada?

Durante a apresentação da terceira em Madri no fim de junho, o diretor de conteúdo original da Netflix na Espanha, Diego Ávalos, anunciou a renovação da série.

E Alex Pina, criador de “La casa de papel”, disse à revista americana “Variety” que as gravações já começaram.