Caminhoneiros e as mulheres deles fazem mutirão para tapar buracos em rodovia de MT

Intenção deles é recuperar cerca de 40 quilômetros ao longo da rodovia.

0
Homens e mulheres dividem o serviço de recuperação da via nos finais de semana — Foto: Reprodução/TVCA
Caminhoneiros realizam 'operação' tapa-buracos na MT-358 — Foto: Reprodução/TVCA
;
;
;

Com pás e carriolas, caminhoneiros e as mulheres deles se juntaram para improvisar uma operação tapa-buracos na rodovia MT-358, entre Tangará da Serra e Campo Novo do Parecis, a 242 km e 397 km de Cuiabá, respectivamente. O ato aconteceu no sábado (13).

Em abril deste ano, os motoristas de caminhão já haviam denunciado as más condições da estrada, que, segundo eles, já estava ocasionando inúmeros transtornos.

--
-Continua depois da publicidade ©-
--

Por meio de nota, a Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logística (Sinfra) informou que, em breve, o trecho será concedido à iniciativa privada A previsão é que haja um investimento é de R$ 638 milhões no local.

Enquanto isso, para tentar tapar os buracos na pista, os caminhoneiros usam uma mistura de areia com pedras. Para que o material chegue até os pontos de recapeamento, o grupo paga um caminhão fretado. O custo do frete é de R$ 750 por dia.


-Continua depois da publicidade ©-

Os caminhoneiros calculam que vão gastar cerca de R$ 3 mil para realizar todo o serviço. A intenção deles é tapar buracos em cerca de 40 quilômetros ao longo da rodovia.

Eles dizem ainda que a ação visa chamar a atenção das autoridades para tomar providências e recuperar a rodovia, que é a principal via de escoamento da produção agrícola da região.

A ‘operação’ tem sido realizada nos finais de semana. Homens e mulheres dividem as tarefas, tanto o serviço pesado quanto a parte de alimentação.

De acordo com os caminhoneiros que trafegam pelo local, a rodovia foi construída em 1984 e nunca passou por reparos. No trecho ainda faltam sinalização e acostamento.