Prefeitura e Unemat tratam sobre projetos físico e pedagógico do campus avançado

Área de seis hectares deverá ser destinada para a implantação do projeto

0

A Universidade do Estado de Mato Grosso (Unemat) e a Prefeitura de Lucas do Rio Verde deram início na manhã desta sexta-feira (12) à discussão em torno dos projetos físico e pedagógico do campus avançado da instituição. Participaram da reunião, realizada no Paço Municipal, o prefeito Luiz Binotti, o diretor do Campus Regionalizado da Unemat/Sinop, professor Roberto Alves de Arruda, o diretor de Desenvolvimento Sustentável, Zeca Picolo, a secretária municipal de Educação, Cleusa Marchezan De Marco, a vereadora Cristiani Dias, o diretor administrativo da Unemat/Sinop, Darlan Guimarães Ribeiro e representantes das áreas pedagógica e técnica das duas instituições.

Para o prefeito Luiz Binotti, depois de três anos de intensas negociações com a direção da Unemat, a luta pela implantação do campus avançado em Lucas do Rio Verde está muito perto da reta final. “Isso vem desde novembro de 2016, logo após as eleições, e temos trabalhado diuturnamente para tornar realidade este sonho da população luverdense. Já trouxemos os cursos de engenharia civil e de engenharia de alimentos e hoje, nesta reunião, definimos aspectos importantes do projeto, como o local para instalação provisória até a construção do prédio próprio, sua estrutura física e o número de novos cursos que poderão funcionar aqui em Lucas”, destaca.

Como o conceito de campus avançado representa uma novidade para a instituição de ensino superior, seu processo de criação depende do Conselho Universitário (Consuni), que se reunirá na primeira quinzena de agosto. “O processo está sendo muito bem conduzido dentro da universidade e estou confiante de que os conselheiros aprovarão a proposta nessa assembleia porque significa um melhor aproveitamento da própria estrutura e do corpo de profissionais da Unemat para ampliar a oferta de serviços por todas as regiões de Mato Grosso”, ressalta.

Durante o encontro, Binotti adiantou que já está sendo providenciada uma área de seis hectares que, por meio de um termo de cessão de uso, será destinada para a instalação do primeiro campus avançado da Unemat no estado. Além disso, segundo ele, o município deverá buscar emendas parlamentares estaduais e federais para ter os recursos necessários para a construção da obra que não poderá ser bancada pela universidade.

O diretor Roberto Arruda, que havia estado em Lucas do Rio Verde no final de junho para entregar a proposta do conceito de campus avançado que será avaliada pelo Consuni, destacou a importância de avançar o quanto antes na definição do projeto para facilitar a aprovação por parte dos conselheiros. “O reitor Rodrigo Zanin já se mostrou favorável à implantação e tudo leva a crer que o Conselho também vai se posicionar da mesma forma”, avalia.

A concepção do projeto arquitetônico ficará a cargo da Empresa Júnior do curso de engenharia civil do campus da Unemat/Sinop, que terá auxílio do corpo técnico da própria Prefeitura. Tão logo a proposta de criação da unidade avançada seja aprovada, a Escola Municipal Olavo Bilac deverá receber provisoriamente os cinco ou seis cursos que forem definidos de comum acordo entre a instituição e a Prefeitura.

Outra questão tratada foi o estabelecimento de uma parceria para formação continuada na área de alfabetização da rede de ensino municipal. A Unemat assumiu o compromisso de elaborar um programa para ser colocado em prática ainda neste segundo semestre.

 

Prefeito de Lucas do Rio Verde debate construção de nova escola