Enfermeira adota menino com paralisia cerebral abandonado pelos pais em abrigo depois de cuidar dele por 9 meses em MT

0
Foto: TVCA/Reprodução

Uma enfermeira de 56 anos adotou um paciente com paralisia cerebral que foi abandonado pelos pais, em 2008, quando ainda era bebê. Solange Maria Pires conheceu Ronei Gustavo Pires, agora com 12 anos, em um abrigo para crianças aptas à adoção, em Cuiabá, durante uma avaliação de home care.

Solange contou que Ronei nasceu com uma neuropatia não evolutiva e com um quadro grave de convulsões, mas o problema se agravou por falta de cuidados necessários da família biológica durante as crises de convulsão dele.


Continua depois da publicidade

Com pouco mais de um ano, Ronei também foi diagnosticado com paralisia cerebral e passou a viver em estado vegetativo. Foi nesse período que Solange o conheceu.





-Patrocinador-