Um homem acusado de violência doméstica e familiar contra sua companheira foi preso pela Polícia Judiciária Civil de Colíder (650 km ao norte), na tarde de quinta-feira (04.07). A prisão ocorreu minutos depois da decretação do mandado de prisão.

Ele teve a prisão preventiva expedida pelo juiz, após o não comparecimento em audiência admonitória, a qual estava intimado a comparecer no Fórum, para que a autoridade judiciária estabelece condições para ele manter-se no regime aberto.

Em razão da ausência do acusado, a Promotoria de Justiça representou pela decretação da prisão preventiva, determinando que ele regredisse ao regime mais gravoso de cumprimento de pena, sendo o regime fechado.

Em menos de 1 hora os investigadores de Colíder lograram êxito em localizar e prender o suspeito. Depois, ele foi encaminhado para audiência de custódia, ficando à disposição da Justiça “, destacou o delegado Ruy Guilherme Peral da Silva.