Polícia prende suspeitos de roubo em fazenda

0

Três pessoas foram presas pelo roubo a uma propriedade rural em Bom Jesus do Araguaia (a 983 km de Cuiabá). A ocorrência contou com a participação de policiais militares e civis e durou mais de 24 horas até ser concluída. Um quarto suspeito, não identificado, morreu após troca de tiros com os policiais.

Os suspeitos tentaram roubar a fazenda desativando o circuito de segurança, o que acionou o alarme. A partir deste momento, os policiais foram acionados e se deslocaram até o local do crime. Os agentes começaram uma varredura pela propriedade e, em certo momento, escutaram vozes e teve início uma troca de tiros. Depois do incidente, os policiais encontraram uma picape Fiat Strada, com um corpo dentro.

--
-Continua depois da publicidade ©-
--

Os militares continuaram com o cerco em outro local, quando foram surpreendidos por uma picape Saveiro. O homem no banco do carona disparou tiros em direção aos policias, que revidaram. Os suspeitos conseguiram fugir nesse momento e o veículo utilizado na ação foi encontrado horas depois, queimado.

Outros dois veículos ainda foram utilizados pelos criminosos e abandonados durante a fuga, que prosseguiu a pé. Com apoio de unidades especializadas, a busca pelos suspeitos continuou durante a noite e a madrugada.


-Continua depois da publicidade ©-

A identificação de um dos suspeitos foi possível devido ao vidro de perfume que carregava. A flagrância estava em uma camisa encontrada em um dos veículos usados pela quadrilha.

 

Na manhã de terça-feira, os policiais foram informados que três homens caminhavam pela rodovia em direção ao distrito de Vila Campinas. Os militares se deslocaram até o local e abordaram os suspeitos, podendo observar que eles apresentavam cortes e lesões pelo corpo. Um deles estava com uma perfuração no pé esquerdo.

Um dos homens carregava uma mochila, onde estava um vidro de perfume com a mesma fragrância encontrada em uma camiseta que estava dentro de um dos veículos abandonados. Outro homem estava com uma chave, que seria de um dos carros utilizados.

Durante o depoimento, os três apresentaram relatos divergentes e com falta de clareza, sem saber como chegaram ao local e as circunstâncias. Foi checado que os três já foram presos anteriormente por tráfico de drogas e porte de arma de fogo, e um deles por roubos de defensivos agrícolas.

Dois suspeitos receberam atendimento médico em uma unidade de saúde e logo em seguida foram encaminhados à delegacia de Querência para as devidas providências.