;
;

As investigações da Polícia Judiciária Civil apontam um menor, 15 anos, como sendo autor dos disparos que vitimou o agente prisional Elison Douglas da Silva, de 37 anos, morto com pelo menos 22 disparos de arma de fogo.

O adolescente foi apreendido na manhã de ontem, segunda-feira (01), por volta das 07h00, no bairro Téssele Júnior, através de diligências realizadas por investigadores da Polícia Civil de Lucas do Rio Verde com apoio do grupo especial da cidade de Nova Mutum.


Continua depois da publicidade

De acordo com informações da Polícia Civil, o menor teve como comparsas dois homens, maiores, que estão foragidos. Os trabalhos concentram-se, agora, na identificação, bem como prisão dos envolvidos. O trabalho está sendo realizando pela Polícia Civil e inteligencia da Polícia Militar.

As investigações apontam que, possivelmente, o mando do crime tenha partido de dentro do CDP.

-Continua depois da publicidade ©-

O menor confessou que foi ele mesmo quem efetuou os disparos que tirou a vida do servidor público Elison Douglas da Silva.

Os cinco suspeitos, entre eles um menor, que haviam sido detidos ainda na noite de domingo (30), não teriam participação no homicídio.

O crime conforme já informado pelo portal CenárioMT, ocorreu na noite de domingo (30) na rua Safira no bairro Téssele Júnior em Lucas do Rio Verde-MT.

 

FOTO: arquivo pessoal

Elison Douglas da Silva foi surpreendido pelos disparos e não teve tempo para reagir. A vítima fechava a porta da casa e estava de costas para a rua, quando foi executado.
A casa onde houve o crime estava passando por reformas e o agente teria ido ao local e quando saia, aconteceu o crime.

O corpo do agente prisional foi sepultado no final da manhã desta terça-feira (02) no cemitério Jardim da Paz, sob muita comoção. Representantes de todas as forças de segurança estiveram presentes para prestar as últimas homenagens aos colegas de trabalho.





-Patrocinador-