Um homem teve suas partes íntimas cortadas com um canivete na cidade de Itanhangá.

Segundo informações do Site Itanotícias, na manhã de ontem, domingo 23/06, a Polícia Militar recebeu a informação de que na unidade de saúde do município, um homem que supostamente teria sido “castrado” estava sendo atendido.

A polícia levantou as informações e descobriu que o mesmo mora em um sítio próximo a Simione, onde dois homens chegaram ao sítio, pegaram ele, amarraram e com um canivete, começaram a cortar suas partes íntimas.

Estes indivíduos diziam para esposa que era para ela ficar na dela, que o assunto não seria com ela, também perguntaram: porque ela estava com ele e se ela sabia o que ele tinha feito. Na saída eles levaram o celular da esposa e uma espingarda.

Ele foi levado ao Hospital Regional De Sorriso. Não foi informado o estado seu estado de saúde.

Em 2016 ele foi acusado de estuprar suas netas de 5 e 6 anos, em um assentamento em Nova Maringá.