Mato Grosso é prioridade do governo Bolsonaro; diz ministro

0

Em Rondonópolis, o ministro da Infraestrutura Tarcísio Freitas garantiu que Mato Grosso é prioridade para o presidente da República Jair Bolsonaro (PSL) e deve receber o maior volume de investimentos do Governo Federal.

Mato Grosso para o presidente Jair Bolsonaro é uma prioridade. E não poderia deixar de ser pela pujança, pelo potencial. A gente, quando vem pra cá e vê o que viu aqui na Rumo, a gente é tomado pelo senso de urgência. E muitas coisas estão sendo planejadas. Acho que, seguramente, é o Estado que receberá o maior número de investimentos. E tem muita coisa acontecendo. Tem os investimentos no Estado e aqueles que vão beneficiar o Estado indiretamente”, disse Tarcísio Freitas durante visita ao terminal ferroviário da operadora Rumo em Rondonópolis.


Continua depois da publicidade-pix


“Quando a gente faz a pavimentação da BR-163, no Pará, já planejando, a concessão de Sinop até Miritituba, a gente está pensando no escoamento da safra de Mato Grosso. Quando a gente faz as pontes da BR-158, em direção a Marabá, a gente também está pensando no escoamento da safra de Mato Grosso” completou.

Tarcísio Freitas ainda lembrou dos investimentos programados na ferrovia Fico, na travessia urbana de Rondonópolis, nas BR-174 e BR-364 em Rondônia e na prorrogação da malha paulista. Segundo ele, todas essas medidas contribuem para o melhor aproveitamento do potencial logístico de Mato Grosso.

-Continua depois da publicidade ©-

Questionado sobre os pedidos feitos ao ministro da Infraestrutura, o governador Mauro Mendes (DEM) disse que não é momento de inventar. Afirma que as demandas do Estado são históricas e continuam as mesmas.

“Não precisamos, neste momento, inventar muita coisa. Já temos desenhado, de muitos anos, algumas das importantes demandas de logística do nosso Estado. Concluir duplicação da BR-163, concluir as BRs 158, 252, 174 e fazer a Ferrogrão acontecer de fato”, concluiu o governador.

A visita de Tarcísio Freitas também foi acompanhada pelos senadores Wellington Fagundes (PR) e Jayme Campos (DEM), pelos deputados federais Neri Geller (PP), José Medeiros (Podemos) e Leonardo Albuquerque (Solidariedade) e pelo prefeito de Rondonópolis Zé do Pátio (Solidariedade). O ministro da Infraestrutura e o governador ainda foram cumprir agenda em Água Boa, na região do Araguaia.

 

“Se Mato Grosso for ajudado, ajudaremos o Brasil” diz governador para ministro





-Patrocinador-