Produtores de Mato Grosso fornecem milho para a produção de etanol

Estado é responsável por 75% da produção nacional do combustível a partir do cereal. Combustível ajuda a regular mercado do grão.

0

Em Mato Grosso, a indústria do etanol ganhou um aliado: o milho. Por lá, produtores do grão têm vendido parte da safra para usinas.

É o caso do produtor Leonildo Barei, de Sinop (MT). Ele espera colher entre 150 e 160 sacas de milho por hectare. Do total, 30% já foi vendido para uma empresa que produz etanol de milho.

--
-Continua depois da publicidade ©-
--

“Está estimulando o produtor a plantar seu milho e comercializar local. Está acima do preço mínimo, em pouco melhor, coisa que nós sempre tivemos dificuldade de ter um preço mínimo praticado em pico de colheita”, afirma.

A usina que comprou o milho de Barei ainda está sendo construída, mas já está fazendo estoque do grão. Lá, devem ser processados 3.600 toneladas de milho por dia.

Cinco usinas de etanol de milho estão em funcionamento no Mato Grosso. A previsão é que o estado produza 1,1 bilhão de litros de etanol do cereal, o que representa 75% da produção nacional.


-Continua depois da publicidade ©-