Fluminense empata com a Chapecoense fora de casa

0

O Fluminense foi até Chapecó na noite desta quinta-feira (13) e disputou a última partida do Campeonato Brasileiro antes da parada para a Copa América no Brasil. O Tricolor teve bom domínio da partida na Arena Condá e chances de gol, principalmente nos cruzamentos de Caio Henrique e nas jogadas com João Pedro, mas ficou no empate em 1 a 1 com a Chapecoense, pela 9ª rodada da competição.

O gol de Everaldo logo aos 2 minutos não assustou o Time de Guerreiros, que buscou o empate na etapa complementar com Paulo Henrique Ganso, em cobrança de pênalti aos 13 minutos. O time do técnico Fernando Diniz agora soma 8 pontos, ocupando a 16ª posição na tabela de classificação, e o próximo confronto do Brasileirão será logo após a Copa América, diante do Ceará, em data a definir pela CBF.

PRIMEIRO TEMPO
A Chapecoense abriu o placar logo aos 2 minutos, com Everaldo. Marcos Paulo arriscou o chute aos 4 e no rebote, João Pedro tentou de bicicleta, mas a defesa afastou. Aos 21 minutos, boa infiltrada do Flu no campo de defesa do adversário, Ganso achou João Pedro, que chutou forte e o goleiro defendeu em dois tempos. Daniel achou Igor Julião livre aos 24 minutos, o lateral tentou o toque para a área, mas a zaga afastou o perigo. Caio Henrique avançou pela linha de fundo e João Pedro subiu para cabecear, mas o goleiro ficou com a bola. João Pedro chegou a empatar a partida aos 37, mas o árbitro assinalou impedimento e invalidou o gol. Aos 43 minutos, Brenner arriscou de fora da área e quase empatou o jogo.

SEGUNDO TEMPO
O Tricolor voltou pressionando na etapa complementar. Belo passe de Ganso para Caio Henrique aos 5 minutos, ele cortou a marcação e chutou cruzado, mas a bola passou por cima do gol. Adversário tirou a bola com a mão de dentro da área e o árbitro marcou pênalti para o Flu, depois de consultar o VAR. Paulo Henrique Ganso converteu a penalidade e empatou o jogo aos 13 minutos. Mais uma bola levantada na área por Caio Henrique aos 33 e João Pedro subiu de cabeça, mas a bola saiu pela linha de fundo. Marcos Paulo e João Pedro trocam passes na entrada da área aos 44 e João Pedro tentou o drible para chutar, mas foi desarmado.