Aprovação de crédito suplementar é um grande avanço para o Brasil

0
Jane de Araújo/Agência Senado

A Câmara dos Deputados aprovou na noite desta terça-feira (11.06), por unanimidade, 450 votos, o PLN 04/2019, que abre crédito suplementar para o Executivo quitar, por meio de operações de crédito, despesas correntes no valor total de R$ 248,9 bilhões. Agora, a matéria segue para análise no Senado. A senadora Juíza Selma (PSL-MT) comemorou a expressiva votação.

 “A aprovação desse projeto (PLN 04/2019) foi um grande avanço para o Brasil. Nós estamos todos aqui unidos nesse objetivo, inclusive a Câmara votou unanimemente. Eu tenho certeza que no mesmo sentido o Senado o fará”, disse a senadora Juíza Selma Arruda.  

O projeto permite que o Executivo possa emitir títulos públicos e, com os recursos arrecadados junto às instituições financeiras, pagar benefícios da Previdência, o Bolsa Família e o Plano Safra. A votação foi possível depois de acordo dos líderes partidários na CMO com o governo, que se comprometeu a rever parte do contingenciamento de despesas determinado em março e que alcançou quase R$ 35 bilhões.

“Essa votação é necessária para que o país possa crescer, para que o Governo Federal consiga cumprir com suas obrigações. Isso foi uma grande demonstração de democracia que o Congresso Nacional deu para todo o país”, acrescentou a senadora.