Sem pagamento, motoristas de ônibus cruzam os braços em greve nesta segunda

0
Foto: Patrícia Neves/Olhar Direto

Os motoristas de ônibus resolveram cruzar os braços, nesta segunda-feira (10). Os 340 veículos de Cuiabá e Várzea Grande não saíram das garagens por conta do fato. A greve é por conta da falta de pagamento do salário, que deveria ter ocorrido na última sexta-feira (07).

Segundo as informações da assessoria de Associação dos Transportadores Urbanos, a paralisação é de 100% dos veículos. O salário deveria ter sido pago na sexta-feira, o que não aconteceu.

A empresa estaria passando por dificuldades financeiras. Mesmo assim, prometeu tentar efetuar o pagamento ainda nesta segunda-feira.

Estima-se que mais de 300 mil pessoas utilizem o transporte público diariamente na capital.

Vale lembrar que a tarifa do transporte coletivo de Cuiabá voltou a custar R$ 4,10, após determinação do Tribunal de Contas do Estado (TCE). A decisão do TCE é do dia 26 de fevereiro e foi assinada pelo conselheiro Luiz Carlos Pereira.