Funcionários da Santa Casa de Cuiabá cobram promessa de R$ 3,5 milhões feita pelo prefeito para pagar salários

0

Funcionários da Santa Casa de Cuiabá se reuniram, nesta segunda-feira (3), com o secretário de governo da prefeitura para cobrar o pagamento de R$ 3,5 milhões prometidos pelo prefeito Emanuel Pinheiro (MDB) para saldar parte dos salários atrasados.

Enquanto uma comissão entrou no gabinete para conversar com o secretário Carlos Roberto da Costa, os demais colaboradores ficaram na porta do Palácio Alencastro em sinal de protesto.

De acordo com o profissionais, os salários estão atrasados há oito meses. Eles disseram ainda que em uma declaração o prefeito afirmou que disponibilizaria o valor assim que o novo hospital municipal fosse inaugurado.

A assessoria de imprensa da prefeitura informou que o prefeito reconhece a promessa, entretanto, vai discutir com o governo do estado a forma legal de fazer esse repasse, uma vez que a Santa Casa não é uma instituição pública.

A unidade é uma instituição filantrópica e receber repasses dos governos em razão dos atendimentos feito por meio do Sistema Único de Saúde (SUS).

Crise financeira

A Santa Casa fechou as portas depois de mais de 200 anos em atividade porque tem uma dívida superior a R$ 118 milhões. Os cerca de 800 funcionários do hospital estão com oito salários em atraso.



A direção da unidade anunciou a suspensão de internações no dia 11 de março, alegando a falta de repasse no valor de R$ 3,6 milhões por parte da prefeitura.

Em abril, o governo do estado assumiu a administração do hospital e, desde então, tem feito levantamentos para definir de que forma e quando a unidade será reaberta.