Campanha de vacinação contra gripe é encerrada em Cuiabá após atingir 93% do público-alvo

0
Foto: SES MT

A campanha nacional de vacinação contra a Influenza foi encerrada em Cuiabá no último sábado (1º), quando 93% do público-alvo foi vacinado, superando a meta estabelecida pelo Ministério da Saúde que era de 90%.

Conforme a Prefeitura de Cuiabá, a campanha contra Influenza A H1N1, Influenza A H3N2 e Influenza B, não será prorrogada para o público em geral.

Ao todo, mais de 150 mil pessoas do público-alvo foram imunizadas.

O público-alvo é composto por idosos, gestantes, crianças com idades entre seis meses e 5 anos, trabalhadores da saúde, professores, puérperas (mulheres cujo parto ocorreu há até 45 dias) adolescentes e adultos privados de liberdade, além de profissionais da segurança pública, conforme definiu a Organização Mundial de Saúde (OMS).

Estado

Em Mato Grosso, 60 municípios não cumpriram a meta, segundo a Secretaria Estadual de Saúde (SES-MT).

O prazo para vacinação se encerrou nesta sexta-feira (31) em todo o Brasil. Nos municípios onde sobraram doses, porém, as vacinas serão disponibilizadas ao público geral, a partir da próxima segunda-feira (3).

Os municípios em pior situação de cobertura vacinal são: Cotriguaçu (67,06%), Poxoréo (65,86%), Cocalinho (62,87%), Colniza (53,71%) e Gaúcha do Norte (42,58%).

Em contrapartida, os municípios que tiveram a melhor cobertura vacinal foram: Tapurah (121,22%), Santa Cruz do Xingu (116,86%), Alto Boa Vista (114,26%), Planalto da Serra (113,15%) e Luciara (112,78%).

Mortes suspeitas

Nesta semana, foram registrados três casos de mortes suspeitas por H1N1, em Rondonópolis, a 218 km de Cuiabá. Um homem, de 44 anos, um idoso, de 64 anos e uma mulher, também de 44 anos, morreram em hospitais do município, com sintomas da doença.

Os casos ainda devem ser apurados.