Saiba quais são os quatro signos mais atraentes do zodíaco

0
© DR

O que torna uma pessoa atraente? Embora os conceitos de atração possam ser relativos para cada um de nós, a verdade é que existem pessoas com um certo magnetismo pessoal – aquele ‘fator x’– incontestavelmente mais forte do que outras.

São aqueles indivíduos que onde quer que vão geram burburinho e cativam todos aqueles com quem entram em contato e que, em geral, têm uma fila interminável de admiradores.

Acha que está entre os mais ‘hot’, saiba o que o seu signo tem a dizer: 

1 – Escorpião

O sedutor por excelência do zodíaco só podia ser de escorpião. A intensidade imbatível deste signo faz com que ele atraia diversos fãs e admiradores, alguns secretos e alguns declarados. O escorpião é charmoso, cheiroso, habilidoso na intimidade e cuida da sua aparência.

Além disso, é um signo naturalmente misterioso, e todos sabemos que um pouco de mistério só instiga ainda mais o interesse alheio.



2 – Libra

Adoram seduzir. Às vezes, os nativos de Libra nem estão interessados na pessoa, mas gostam ainda assim de testar o seu poder de atração, adoram uma boa paquera e têm muita conversa…

Estes indivíduos são inteligentes, ambiciosos e focados.

3 – Áries

Os arianos gostam de cuidar bastante do seu aspecto físico e especialmente do corpo, regra geral praticam exercício físico regularmente. Mesmo quando não são atléticos, os nativos deste signo exalam virilidade e/ou sensualidade, talvez o motivo esteja na sua personalidade carateristicamente forte e decidida.

4 – Gêmeos

Os geminianos são capazes de conversar durante horas a fio sobre absolutamente tudo, desde política a jardinagem, das últimas tendências de moda para o outono/inverno ou sobre a situação econômica nacional. Obviamente que isso contribui para que um número enorme de pessoas se sintam atraídas por este signo, que aparenta ser sempre agradável e um bom amigo e companheiro.

Após algum tempo, porém, as pessoas começam a perceber que não é bem assim. Os nativos de gêmeos são, muitas vezes, indivíduos muito superficiais, ou seja, gostam de conquistar, mas não se importam realmente com o que as pessoas pensam ou querem.

Frequentemente, quando percebe que conquistou ‘aquela pessoa’, cansa-se e simplesmente passa à frente.