Campanha arrecada cobertores para proteger índios do frio durante ritual realizado em rio no inverno em MT

0
Foto: Reprodução

Uma campanha está arrecadando mantas, cobertores e edredons para os índios da etnia Xavante da aldeia Nossa Senhora de Guadalupe, em Barra do Garças, a 516 km de Cuiabá. A campanha é organizada pela Comissão de Defesa da Igualdade Racial, da Ordem dos Advogados do Brasil de Mato Grosso (OAB-MT).

O objetivo é proteger os índios do frio durante a realização de um ritual celebrado pela aldeia e que acontece às margens do rio no período do inverno. O ritual iniciou no domingo (19) e segue até setembro.

De acordo com Xisto Xavante, que fez um vídeo pedindo a contribuição, a cerimônia marca a passagem da adolescência para a fase a adulta do jovem índio. Durante três semanas, os jovens e seus padrinhos ficam dentro d’água e a céu aberto, praticando todas as atividades às margens do rio.

Por causa das mudanças climáticas da região e das baixas temperaturas do período de inverno, principalmente próximo a mata ciliar. A preocupação dos índios é devido ao aumento da incidência de doenças respiratórias que são agravadas pelo tempo frio e, em alguns casos, podendo levar à morte do jovem índio durante a realização do ritual.

Segundo a OAB, o pedido foi feito diretamente pelos índios. A instituição fará um evento na quarta-feira (22) às 19h no auditório da Faculdade do Pantanal (Fapan) em Cáceres, a 220 km da capital, onde irão receber doações. A instituição pretende entregar as arrecadações o mais breve possível, tendo em vista que os ritos dos índios já começaram.

As doações são entregues na sede da OAB, que fica no Centro Político Administrativo, durante todo o mês de maio.