Lucas do Rio Verde realiza ações para lembrar a luta antimanicomial

0

Para lembrar o Dia Nacional do Movimento Antimanicomial ou Luta Antimanicomial, celebrado dia 18 de maio, o Centro de Atenção Psicossocial (CAPS) e a Rede de Atenção Psicossocial (RAPS) realizaram atividades especiais nesta semana. Os pacientes e familiares participaram de ações ao ar livre na chácara Nossa Senhora Aparecida.

Foram realizadas atividades e esclarecimentos relacionados a este dia tão importante na mudança do modelo assistencial de saúde mental, em que os indivíduos têm direitos fundamentais a liberdade, de viver em sociedade e receber cuidado humanitário.

O movimento da luta antimanicomial se caracteriza pela luta dos direitos das pessoas com sofrimento mental, indo oposto da ideia de isolar essas pessoas, ideia baseada nos preconceitos sobre a saúde mental.

Após a reforma sanitária, leis federais foram instituídas na rede de atenção à saúde mental, atribuindo responsabilidade ao Estado de promover tratamento que possibilite circulação livre aos pacientes, vida em comunidade e não em modelos clássicos de assistência centrados em internações em hospitais psiquiátricos. Dessa forma, o novo modelo assistencial passa a contar com outros serviços, entre eles o centros de atenção psicossocial.