Confresa e Canabrava não cumprem decisão do TCE referente à logística de medicamentos

0

Foi julgado na primeira semana do mês de maio pela Primeira Câmara do Tribunal de Contas de Mato Grosso o Monitoramento de cumprimento de decisão que se refere a expedição de alerta aos gestores de cidades do Mato Grosso para que providenciassem a implementação e aperfeiçoamento de todos os controles contemplados na Matriz de Riscos e Controles (MRC) relacionados á logística de medicamentos.

Oito municípios foram notificados, no entanto, apenas três cumpriram as determinações. E tiveram como relatores os conselheiros Guilherme Antonio Maluf, Jaqueline Jacobsen e Luiz Henrique Lima.

Cumpriram a decisão apenas três, sendo eles Nova Canaã do Norte, Novo Santo Antônio e Castanheira.

Entre os que não cumpriram, estão os municípios de Santa Cruz do Xingu, Canabrava do Norte, Luciara e Curvelândia.

Aos que não cumpriram o alerta do Tribunal de Contas previsto no Acórdão 281/2017-TP, foram expedidas novas determinações e concedido novo prazo para adequação.