PSG fica no empate com o Nice

Atacante uruguaio teve chance de sacramentar vitória dos parisienses nos minutos finais, mas acabou parando nas mãos do goleiro Benítez

0

E parece que a maré de azar do PSG não tem final. Neste sábado, o Paris Saint-Germain foi novamente mal dentro de campo e ficou apenas no empate com o Nice, em casa, pela 34ª rodada do Campeonato Francês. Sanogo abriu o placar para os visitantes, e Neymar, de pênalti, empatou. Nos acréscimos, Cavani teve a chance de dar a vitória ao PSG, mas desperdiçou nova cobrança de pênalti.

CHANCES ÚNICAS

Curiosamente, o primeiro tempo de partida foi de poucas chances de gols e de pouca inspiração. Com isso, cada equipe teve somente uma chance clara de abrir o placar. Pelo lado do PSG, Neymar quase abriu o placar aos oito minutos, de voleio, mas parou nas mãos do goleiro Benítez. No lado do Nice, Areola foi o responsável por parar o chute de Atal.

IH, RAPAZ…

Na volta do intervalo, o Paris Saint-Germain tomou o susto que precisava para acordar na partida. Logo aos 33 segundos, o zagueiro brasileiro Dante descolou belo passe por elevação para Ganogo, que saiu na cara de Areola e soltou um chute potente, sem chances para o goleiro para abrir o placar.

QUEM NÃO FAZ…

O Nice se aproveitou do momento de fragilidade do PSG para assustar em contra-ataques rápidos e foi em um desses que teve a maior chance de ampliar. Em cruzamento vindo da direita, Saint-Maximin completou para o gol vazio mas carimbou o travessão. E para o azar do time visitante, no contra-golpe, Di María foi derrubado na área e o árbitro marcou pênalti para o PSG. Na cobrança, Neymar deslocou o goleiro, empatou a partida e chegou a marca de 50 gols com a camisa do clube francês.

 

PERDEU!

Já nos minutos finais de jogo, o Paris Saint-Germain teve a chance de ouro para conseguir a vitória no Parc des Princes. Neymar, dentro da área, foi derrubado por Dante ao finalizar para o gol. O árbitro olhou o VAR e assinalou mais um pênalti para o time parisiense. Dessa vez, Cavani foi para a cobrança e para azar do PSG, o goleiro Benítez adivinhou o canto e defendeu o pênalti, decretando o empate em Paris.


Amazonia 03 de Junho