Projeto quer que hospitais de MT divulguem fotos e características de pessoas internadas sem identificação

0

Um projeto de lei que tramita na Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT) quer obrigar os hospitais públicos e privados do estado a divulgarem na internet fotos e características de pessoas internadas sem identificação, desacompanhados ou em estado inconsciente.

O objetivo é facilitar a identificação destes pacientes e possível localização de suas respectivas famílias.


Continua depois da publicidade

A proposta é de autoria do deputado Paulo Araújo (PP) e tramita na Casa de Leis desde o dia 23 de abril.

O projeto, caso seja aprovado e sancionado, exige que as unidades de saúde insiram as informações que possuem sobre os pacientes, tais como idade aparente, cor, altura, peso, traços característicos como tatuagem ou cicatriz e o endereço onde estão internados na internet.

-Continua depois da publicidade ©-

“As famílias poderão conseguir encontrar algum parente que está desaparecido, podendo assim ajudar, inclusive, no quadro clínico do paciente, visto que a presença da família tem relações diretas com o resultado da evolução clínica do enfermo em questão”, diz trecho da justificativa do deputado.

Não há previsão para o projeto ser votado.





-Patrocinador-