Profissionais do Samu recebem treinamento em Atendimento Pré-Hospitalar em Mato Grosso

Ao todo, foram capacitados 43 profissionais de sete municípios de Mato Grosso.

0

Profissionais que atuam no Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) participaram, na última quarta-feira (24.04), de um treinamento de atualização para atendimento Pré-Hospitalar (APH). Realizada no Centro Universitário da Univag, a capacitação foi organizada pelo Núcleo de Educação em Urgência (NEU) do Samu e teve o objetivo de treinar técnicas de imobilização às vítimas de trauma.

“A superintendência e coordenação do Samu agradece aos instrutores e participantes desse curso e a parceria com a Univag. Destacamos ainda a cooperação técnica com os municípios que fazem parte da Rede Samu e que tiveram um ótimo desempenho nesse treinamento”, pontuou o superintendente de Regulação de Urgência e Emergência, Jessé Memede.

Ao todo, foram capacitados 43 profissionais – entre médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem e condutor socorrista – que atuam em Cuiabá e nos municípios de Chapada dos Guimarães, Poconé, Tangará da Serra, Sorriso, Confresa e Várzea Grande.

De acordo com a enfermeira responsável pela organização do curso, Wanessa Rezende, é importante aprimorar o conhecimento dos profissionais que atuam nos serviços de urgência e emergência. “O objetivo é melhorar a eficiência do serviço e garantir um bom atendimento ao paciente, de forma a também evitar a piora das lesões.”

Os servidores tiveram treinamento em modalidades práticas, como imobilização com colar cervical, avaliação primária e secundária, rolamento em prancha, retirada de capacete, parada cardiorrespiratória, reanimação, obstrução das vias aéreas, imobilização de membros e pelve e retirada rápida da vítima de dentro do carro. Todos os participantes receberão uma declaração de conclusão, que detém o mesmo valor de um certificado.

O enfermeiro de Tangará da Serra, Clayton Folador, foi um dos profissionais que participaram da capacitação e reiterou a importância do aprimoramento técnico dos serviços de saúde. “É importante para quem trabalha na área da saúde estar constantemente atualizado. O treinamento é uma forma de fixar o conhecimento e garantir a prestação de um serviço de excelência”, avaliou.