Primeiro caso de hantavirose em 2019 é investigado em Mato Grosso

O paciente que está sob suspeita é um produtor rural conhecido em Tangará da Serra.

0

Um caso de hantavirose, doença transmitida pela secreção do rato silvestre, está sendo investigado em Tangará da Serra, a 242 km de Cuiabá, pela secretaria de Saúde.

O paciente que está sob suspeita é um produtor rural conhecido na cidade.

Uma enfermeira da vigilância epidemiológica disse ainda que não existe nenhum caso de hantavirose confirmado na cidade este ano.

A secretaria de Saúde do município diz que só vai se manifestar depois do resultado do exame.