Petrobras aumenta o Diesel; caminhoneiros ameaçam parar novamente

0
Protesto de caminhoneiros na Br-163, nos dois sentidos, em Lucas do Rio Verde (MT) contra a alta dos preços dos combustíveis. - Foto CenárioMT/Orlando Albuquerque

A Petrobras anunciou novo reajuste no valor do diesel, desta vez o litro terá um reajuste de 4,8%.

No final da tarde de ontem(17) a Petrobras informou em seu site oficial que decidiu aumentar o preço do diesel em R$ 0,10/litro, o que implica numa variação mínima de 4,518% e máxima de 5,147%, nos seus 35 pontos de venda no Brasil.

Este aumento passa a vigorar a partir desta quinta-feira (18).

Segundo anunciado, o reajuste levou em consideração os mecanismos de proteção, através dos derivativos financeiros, e as variações de demais parcelas que compõem o Preço Paridade Internacional (PPI) com destaque para redução recente do frete marítimo.

Na semana passada, o presidente Jair Bolsonaro se manifestou dizendo que não iria interferir na política de preços da estatal, mesmo assim ele fez reclamações públicas reclamando do reajuste, temendo uma possível greve dos caminhoneiros.

Nas redes sociais já é possível perceber que movimentos se articulam para uma paralisação nos próximos dez dias. Bolsonaro que na paralisação do ano passado esteve ao lado dos caminhoneiros terá agora nova missão de trabalhar nos bastidores para que esta greve não volte a acontecer no país, pois uma nova greve pode agravar economia.