Famílias dos programas Criança Feliz e Pró-Família participam de contação de histórias

A oficina de contação de história foi realizada pela professora Renata Demski

0

Em comemoração ao Dia Nacional do Livro Infantil, a Secretaria Municipal de Assistência Social promoveu nesta quinta-feira (18) uma atividade especial de contação de história com as famílias dos programas Criança Feliz e Pró-Família.

De acordo com a secretária municipal de Assistência Social, Lucileide Gurka, a contação de história é uma forma de aproximar os pais dos filhos. “A contação de histórias é uma prática muito bonita que está sendo deixada de lado, e nós queremos resgatar, e hoje, para incentivar, trouxemos essa atividade para essas famílias. Contar história é uma arte, por isso, mostramos a importância dessa ação para o desenvolvimento da criança na primeira e segunda infância”, afirmou.

A oficina de contação de história foi realizada pela professora Renata Demski, que além de contar diversas histórias, explicou a importância do processo e deu dicas de como contar uma história, de como prender a atenção da criança e métodos lúdicos de interação com os pequenos durante a contação.

A psicóloga e visitadora do programa Criança Feliz, Maura Luiza da Silva, explicou que o programa trabalha a importância do desenvolvimento da criança. “Mostramos para as famílias o quanto a primeira infância vai impactar lá futuro dessa criança. Por isso, nós conscientizamos os pais sobre a importância dessa primeira fase da infância, o que precisa ser feito para promover o desenvolvimento da criança. E essa oficina de hoje de contação de história veio para incentivar os pais e mães a contarem histórias para os filhos, incentivarem a criatividade da criança e esse contato com a leitura promove o fortalecimento de vínculo dos pais com os filhos”, relatou.

A dona de casa Rosilene da Costa, mãe do pequeno Gabriel, ressaltou a importância da participação nas ações do Programa Criança Feliz e também na aproximação das famílias. “O programa é muito importante porque reforça o vínculo de mãe e filho. E contar histórias também. É muito bom, eu conto história pra meu filho e é muito maravilhoso. Eu tenho bastante curiosidade e procuro aprender a cada dia, principalmente com as crianças. Eu ensino o Gabriel e ele também me ensina, cada momento que passamos juntos com as histórias é um aprendizado, muda minha vida e muda a vida dele. E eu indico pra cada mãezinha cuidar bem de seus filhos porque eles são nossa preciosidade”, comentou.