Cresce o número de emissão de alvarás de construção e habite-se em Nova Mutum

0

Dados oficiais da Secretaria de Planejamento e Assuntos Estratégicos de Nova Mutum apontam crescimento expressivo no número de emissão de alvarás de construção, regularização e habite-se nos meses de janeiro e fevereiro de 2019 em comparação com o mesmo período do ano passado.

Em janeiro e fevereiro de 2018 foram emitidos 30 alvarás de construção, 13 alvarás de regularização e 13 de habite-se, totalizando 56 alvarás. Já em 2019 no mesmo período foram emitidos 31 alvarás de construção, 28 de regularização e 28 habite-se que dá um total de 84 alvarás, gerando um crescimento de 50%.


Continua depois da publicidade-pix


Outro dado importante se refere ao crescimento dos 12 meses de 2017 em comparação com 2018 que revela um crescimento de 26,17%. Neste período foram emitidos 871 alvarás em 2017, e um total de 1.099 em 2018.

Além dos 84 alvarás já emitidos nos dois primeiros meses de 2019, existem 183 processos em andamento que estão em fase de análise pela equipe técnica do Departamento de Planejamento e Desenvolvimento Urbano (DPDU). O prazo para análise é de 30 dias.

-Continua depois da publicidade ©-

secretário Mauro (à esquerda)  e o coordenador Caleb (à direita)secretário Mauro (à esquerda) e o coordenador Caleb (à direita)

Mauro Manjabosco, Secretário de Planejamento e Assuntos Estratégicos cita que esse crescimento é reflexo do momento positivo que a cidade está passando. “Esses dados nos revelam que a economia voltou a ser aquecida, tivemos dois anos de retração, mas os números mostram uma reação positiva com forte aquecimento do mercado construção civil”, detalha.

O coordenador do Departamento de Planejamento e Desenvolvimento Urbano (DPDU), Calebe Benjamim, destaca que o crescimento na emissão de alvarás e habite-se demonstra que a população está se organizando com a parte documental de seus imóveis. “O Habite-se é um certificado emitido pela prefeitura atestando que aquele imóvel está com tudo regularizado e isso trás uma série de benefícios aos proprietários e também é um dos principais documentos exigidos por instituições financeiras para casos de financiamentos”, explica.

-Patrocinador-