Ação de arborização marca fim de semana na Capital

0

Mais de 100 árvores foram plantadas e outras 400 doadas para a população

Ipês amarelo e rosa, jacarandá, pau-brasil, aroeira e outras espécies de mudas nativas fizeram parte de mais uma ação de plantio e distribuição promovida pelo projeto Verde Novo. A atividade de rearborização aconteceu durante o fim de semana, na área externa da Arena Pantanal, onde 100 árvores foram plantadas e outras 400 doadas para a população que passava pelo local.

“É uma determinação do prefeito Emanuel Pinheiro que a Prefeitura seja sempre uma fomentadora de parcerias que ajudem na sustentabilidade. Essas ações de plantio e distribuição vão nos ajudar no processo de rearborização da nossa cidade. São 300 mil mudas que serão plantadas até o próximo ano. A nossa geração tem que contribuir para que as próximas tenham um meio ambiente saudável”, destacou o gestor de Sustentabilidade, Alex Vieira.

O projeto é pela Prefeitura de Cuiabá, Juizado Volante Ambiental (Juvam), Instituto Ação Verde e o Grupo Petrópolis, contando ainda com a parceria da Energisa e TV Centro América. A edição desse domingo teve também a participação do Instituto Centro de Vida (ICV). Comemorando 28 anos de fundação, o grupo aproveitou a data especial para reunir os funcionários e aderir à iniciativa de retomada do título de “Cidade Verde”.

“Estamos vivendo uma situação muito desfavorável com relação ao meio ambiente nesse momento, então é importante que vários segmentos da sociedade se juntem, para que possamos buscar condições melhores para a vida de todas as pessoas. Esse plantio simbólico é de fundamental importância. O compromisso do ICV é trazer essa consciência para a sociedade”, disse o fundador do ICV, Sérgio Guimarães.

De acordo com o assessor do Juvam, Sérgio Savioli, além de mudar completamente o visual da cidade, as árvores têm capacidade de ajudar a diminuir as altas temperaturas registradas pelos termômetros. Segundo ele, uma árvore pode reduzir até 10°C em torno de sua sombra. “Temos tudo para poder melhorar o clima, reduzir a temperatura e melhorar a qualidade de vida do povo cuiabano. Isso passa pelas nossas mãos”, pontuou.

 

(Com informações assessoria do Juvam)