Prefeito e Presidente da Câmara de Vereadores de Nova Mutum vão a Brasília cobrar da ANTT agilidade nas obras da travessia urbana

0

O prefeito de Nova Mutum, Adriano Pivetta, o presidente da Câmara de Vereadores Altair Albuquerque e o secretário de Planejamento e Assuntos Estratégicos Mauro Manjabosco estiveram reunidos nesta terça-feira, 26, com o diretor Geral da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), Weber Ciloni, pedindo agilidade na execução das obras da travessia urbana ao longo da BR-163 em Nova Mutum.

Tanto o prefeito Adriano Pivetta quanto o vereador Altair Albuquerque relataram ao diretor Weber Ciloni as dificuldades e prejuízos causados pela não execução do projeto dos viadutos e diamante no perímetro urbano de Nova Mutum que estão previstos no projeto de duplicação da rodovia BR-163, que está sob a concessão da Rota do Oeste.

Em um oficio protocolado na ANTT, o município explica que grande parte da população e empresas foram impactadas pela falta de obras na travessia urbana. “Somos um município de grande produção agrícola e agroindustrial, temos expressiva demanda nesta rodovia, existem grandes indústrias que ficam do outro lado da travessia e isso gera grandes transtornos aos mais de 3 mil colaboradores dessas indústrias que precisam trafegar pelo trecho tendo muitas vezes que colocar as próprias vidas em risco”, relata o prefeito Adriano Pivetta.

 

O secretário de Planejamento, Mauro Manjabosco afirma que o município de Nova Mutum já demonstrou através de documentos que é a favor da revisão qüinqüenal (5 anos) do contrato de concessão da BR-163 no trecho de Itiquira a Sinop. “É extremamente importante a manutenção da concessionária Rota do Oeste, mas precisamos que esse contrato de concessão seja revisto a cada cinco anos, pois é uma forma de termos maior celeridades nas obras previstas para o trecho em concessão”, destaca.



O presidente da Câmara de Vereadores, Altair Albuquerque avaliou de maneira positiva o encontro e espera que a Agência Nacional de Transportes Terrestres autorize a execução dos projetos. “Foi um encontro extremamente positivo, o diretor da ANTT, Weber Ciloni foi muito receptivo e se mostrou sensível as nossas reivindicações, e esperamos que o mais breve possível tenhamos uma solução definitiva dessa situação”, comenta Altair.