Santos FC vence Red Bull Brasil e conquista boa vantagem nas quartas do Paulistão

0
(Foto: Ivan Storti)

O Santos Futebol Clube recebeu no Paulo Machado de Carvalho a equipe do Red Bull Brasil, na noite deste sábado (23), em partida válida pela primeira perna das quartas de final do Campeonato Paulista, e venceu pelo placar de 2 a 0. Os gols alvinegros foram marcados por Carlos Sánchez, em cobrança de falta, e por Diego Pituca, após erro na saída de bola do adversário. A partida de volta será em Campinas, nesta próxima terça-feira (26), e o Peixe terá a vantagem de poder perder até por um gol de diferença para garantir a classificação para as semifinais do estadual.

O jogo – A promessa de uma partida movimentada foi confirmada logo nos minutos iniciais, com Carlos Sánchez criando lance de perigo aos 2 minutos e, aos 5, Diego Pituca tendo gol anulado pelo VAR, após receber boa bola de Rodrygo pela esquerda. Mesmo com o gol anulado, os comandados de Jorge Sampaoli seguiram pressionando o time do interior, e a recompensa não demorou a vir: aos 10 minutos, em bela cobrança de falta pela esquerda, o uruguaio Carlos Sánchez abriu o marcador.

Pelo fato de as duas equipes possuírem características ofensivas e não limitarem seus estilos de jogo a meramente assistir o adversário jogar, a continuação da etapa inicial foi de boas oportunidades para as duas partes. O Red Bull teve com Ytalo a sua melhor chance: aos 28 minutos, ele recebeu de Rafael Carioca e chutou forte, mas Vanderlei fez boa defesa. Pouco tempo depois o Peixe respondeu com Rodrygo, que, após jogada individual, chutou bonito, para defesa de Julio Cesar. Sánchez tentou a sobra, mas a zaga do Red Bull chegou a tempo para fazer a interceptação.

A segunda etapa começou com duas chances do Red Bull, ambas com finalizações para fora – Rafael Carioca e Osman tiveram as oportunidades. O Santos FC rapidamente equilibrou as ações e conteve mais a equipe do interior, que passou a errar mais passes no meio de campo. Um deles foi suficiente para o Santos FC fechar o marcador: em após passe errado no ato da armação da jogada, Sánchez aproveitou e cruzou para a área. A bola desviou e sobrou para Copete, que serviu Diego Pituca. O meia, que teve gol anulado na primeira etapa, bateu com calma, no canto, para ampliar o marcador e selar a vantagem alvinegra.

FICHA TÉCNICA

SANTOS 2 x 0 Red Bull Brasil



Local: Pacaembu, em São Paulo (SP);

Data: sábado, 23 de março de 2019;

Horário: 19h30 (de Brasília);

Gols: Carlos Sánchez (10′ 1ºT), Diego Pituca (33′ 2ºT)

Cartões Amarelos: Rafael Carioca (RBB), Ligger (RBB), Jobson (RBB), Osman (RBB), Carlos Sánchez (SAN), Victor Ferraz (SAN), Diego Pituca (SAN);

SANTOS FC: Vanderlei, Victor Ferraz, Aguilar, Gustavo Henrique, Felipe Jonatan, Alison, Diego Pituca, Carlos Sánchez, Jean Mota, Rodrygo (Kaio Jorge), Eduardo Sasha (Copete). Técnico: Jorge Sampaoli.

Red Bull Brasil: Julio Cesar, Aderlan, Ligger, Léo Ortiz, Rafael Carioca, Uilian, Jobson (Pio), Ytalo, Osman, Claudinho (Bruno Tubarão), Leo Castro (Rodrigo). Técnico: Antônio Carlos Zago.