Mapa aponta áreas onde moradores devem se refugiar em Barão dos Cocais

0
Imagem da Mina Gongo Soco por satélite  Google Maps

A Defesa Civil de Minas Gerais divulgou hoje (24) um mapa que marca os sete pontos aos quais os moradores de Barão de Cocais deverão se dirigir, caso necessitem de proteção. O material foi liberado após a população receber um comunicado de alerta, na noite desta sexta-feira (22), por parte da mineradora Vale, que detectou instabilidade na barragem sul superior da Mina Gongo Soco.

A medida de aviso, segundo a Vale, tem caráter preventivo e foi estabelecida após um auditor independente apontar as condições instáveis da barragem. O procedimento implicou, por decisão da Agência Nacional de Mineração (ANM), a elevação do nível de segurança da barragem de 2 para 3, o grau de alerta máximo.

Diante de um risco maior, a mineradora acionou sirenes no município, pela segunda vez em pouco mais de um mês. Os moradores já haviam sido retirados de suas casas no dia 8 de fevereiro, na área mais próxima à barragem.

Outra providência agora tomada foi o deslocamento de agentes da Defesa Civil e da Tropa de Choque para o município. As equipes ficarão de prontidão, caso pessoas que moram na Área 2 precisem ser retiradas de casa.

Os locais indicados pela Defesa Civil são:

Ponto 1 – Escola Nossa Senhora do Rosário
Ponto 2 – Fazenda Soledade
Ponto 3 – Escola Efigênia de Barros Oliveira
Ponto 4 – Escola Municipal Maria da Glória
Ponto 5 – Escola Municipal Mares Guia
Ponto 6 – Praça de Eventos José Furtado
Ponto 7 – Clube Morro Grande

Edição: Talita Cavalcante