Professora assina capítulo de obra internacional baseado em pesquisa na Unemat

Pesquisa de professora trata da formação do docente

0

Ana Carolina de Laurentiis Brandão, professora de Língua Inglesa da Universidade do Estado de Mato Grosso (Unemat), participa de obra internacional na qual foram compiladas pesquisas realizadas ao redor do mundo que se valem de métodos visuais, como desenhos e fotografias, com a temática de vidas multilíngues.

Ana Brandão assina o 11º capítulo do livro ‘Visualising multilingual lives: More than words’, que em português se chama “Visualizando vidas multilíngues: Mais do que palavras”. O livro é organizado pelas professoras e pesquisadoras Paula Kalaja, da Universidade de Jyväskylä, na Finlândia, e Sílvia Melo-Pfeifer, da Universidade de Hamburgo, na Alemanha.


De acordo com a autora, seu capítulo, ‘Imagining second language teacing in Brazil: What stories do student teachers draw?’, com título em português ‘Imaginando o ensino de segunda língua no Brasil: Que histórias desenham os professores em formação?’, baseia-se em sua pesquisa de doutorado realizada no câmpus de Alto Araguaia, com bolsistas do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência (Pibid) da Unemat.

  Carregamento de maconha é apreendido em Cuiabá

“Minha pesquisa trata do impacto do programa na formação docente. Meu trabalho explorou a formação da identidade profissional das bolsistas a partir  de desenhos de professores de língua inglesa por elas produzidos. E o capítulo evidencia a importância do Pibid para o desenvolvimento profissional de professores de línguas em nossa Instituição, e relevância de métodos visuais para se entender melhor o processo de formação de professores”, explicou a professora, que atualmente desenvolve suas atividades como assessora de Gestão de Políticas Educacionais na Pró-Reitoria de Ensino de Graduação (Proeg) da Unemat e como coordenadora institucional do Pibid 2018-2020.

O livro traz três seções: a identidade multilíngue, o aprendiz multilíngue e a formação de professores multilíngue. Seus capítulos focam as identidades de participantes multilíngues e as formas como elas são discursivamente ou visualmente construídas. Para Ana Brandão, a obra é um marco para pesquisadores que tenham interesse em explorar métodos de pesquisa inovadores.

Mais informações podem ser obtidas pelo e-mail anabrandao@unemat.br