Dia especial aborda viabilidade econômica e ambiental para agricultores

Produtores receberam informações sobre atividades sustentáveis e como aumentar a produtividade na área já existente.

0

Produtores rurais do município de Nova Canaã do Norte (699 km ao Norte de Cuiabá), integrantes do Projeto Rural Sustentável e estudantes participaram do Dia Especial sobre Sistema Integração Lavoura Pecuária (ILPF). O evento foi dividido em duas etapas. No período da manhã foram realizadas palestras sobre recuperação de pastagem e sistemas agroflorestais, na Câmara Municipal. De tarde, os participantes visitaram a Fazenda Gamada para conhecer a viabilidade econômica e ambiental do Sistema.

A técnica agropecuária da Empresa Mato-grossense de Pesquisa, Assistência e Extensão Rural (Empaer), Pamella Rúbio, fala que os produtores receberam informações sobre atividades sustentáveis e como aumentar a produtividade na área já existente. O técnico agropecuário da Empaer, Cleverson Braz Mateus, proferiu palestra sobre a recuperação de pastagem enfocando variedades e técnicas a serem feitas desde a coleta de solo para análise laboratorial, germinação, resistência a pragas e doenças, manejos e outros.

O analista da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), Diego Barbosa Alves Antônio, destacou em sua palestra os sistemas agroflorestais, a melhor posição para o plantio das árvores com o objetivo de gerar sombreamento na pastagem e melhoramento nutricional do solo, além de fornecer alimentação para o gado. Segundo o analista, o ILP consiste na diversificação da produção, possibilitando o aumento da eficiência na utilização dos recursos naturais, a preservação do meio ambiente, a estabilidade de produção e a renda do produtor.

Na Fazenda Gamada, numa área de 100 hectares, foi implantada uma Unidade de Referencia Tecnológica (URT) com o Sistema Integração Lavoura Pecuária Floresta (ILPF), pela Embrapa Agrossilvipastoril. Conforme Diego, o Sistema Integração já ajudou a recuperar as pastagens e  está fornecendo madeira para produção de cercas e para abastecer o forno do secador de grãos.

A Fazenda pertence ao produtor rural Mário Wolf Filho. Durante a visita os participantes foram recepcionados pela pesquisadora e responsável pelos projetos da fazenda, Dheyme Bolson, que relatou as fases de implantação do sistema que trouxe viabilidade econômica e sustentabilidade com o aumento na quantidade de bovinos por hectare.

A técnica Pamella destacou que a fazenda é considerada modelo na região e que abriu as portas para os agricultores familiares conhecerem de perto a integração lavoura e pecuária de forma sustentável. O evento contou com a participação de 41 produtores.

Parceria BID

O Projeto Rural Sustentável é fruto de uma parceria entre o governo do Reino Unido, o governo do Brasil e o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID). Esta Cooperação Técnica é financiada pelo Fundo Internacional para o Clima (International Climate Fund – ICF) do Ministério da Agricultura, da Alimentação, da Pesca e dos Assuntos Rurais do Governo Britânico (Defra), tendo como beneficiário o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa).

A Empaer é uma entidade cadastrada no projeto e já contribuiu com a recuperação e reforma de mais de mil hectares de áreas de pastagens degradadas nos municípios de Juína (735 km a Noroeste de Cuiabá) e Nova Canaã do Norte. O projeto conta com a participação de 57 produtores rurais que recebem um subsídio ou premiação no valor de R$ 500,00 por hectare, para compra de calcário, adubo e sementes.

O trabalho de recuperação foi iniciado no mês de setembro de 2017, e já foram recuperados 1.007 hectares, o que representa em torno de 80% das áreas de pastagens nos municípios.  Essa tecnologia aplicada tem como objetivo reverter a área com a melhoria da pastagem, aumentar o número de animais no pasto e, conseqüentemente, melhorar a rentabilidade do agricultor.