Governo pode fechar 21 delegacias em Mato Grosso

Deputado Elizeu Nascimento externou preocupação sobre estudo que trata da possibilidade de fechamento das unidades no interior do estado.

0

O deputado Elizeu Nascimento (DC) usou a tribuna na Assembleia Legislativa de Mato Grosso na quarta-feira (27) para expor o retrocesso que o estado pode ter na segurança pública. O governo estadual está estudando a possibilidade de fechar aproximadamente 21 delegacias de Polícia Civil no interior do estado. A proposta vem sendo discutida no âmbito da Secretaria de Segurança Pública.

O parlamentar, em seu discurso, relembrou sua trajetória na Polícia Militar. “É um absurdo o que estão querendo fazer com a segurança pública. Fechar delegacias é regredir. Ser policial é se doar diariamente, foram 18 anos de Polícia Militar. Cada dia era ultrapassar os limites físicos e mental para defender a sociedade. Sei bem o que cada policial passa. Estamos passando por uma fase na política que busca atrasar o sistema de crescimento (do estado). Estamos à beira de um caos“, afirmou Nascimento.


Acabar com essas delegacias é a mesma coisa de darmos o credenciamento ao crime organizado para operar nas cidades do interior, a exemplo do ‘Novo Cangaço’. É inadimissível vermos as cidades do interior diante desta situação“, completou.

Comissão de Segurança – O deputado Elizeu Nascimento assumiu a presidência da Comissão da Segurança Pública nesta quarta-feira (27) e, como presidente, já marcou uma audiência pública para discutir a situação dessas delegacias. “Vamos lutar para que essas delegacias sejam mantidas de portas abertas para atender a sociedade”, garantiu.

Conforme o parlamentar, entre as cidades e um distrito que podem ter as delegacias fechadas estão o distrito de Nossa Senhora da Guia e as cidades de Acorizal, Carlinda, Glória D’Oeste, Araguainha, Nova Santa Helena, Novo Mundo, Castanheira, Nova Marilândia, Alto Boa Vista, Santo Afonso, Nova Lacerda, Santo Antônio do Leste, São José do Povo, Ponte Branca, União do Sul, Luciara, Canabrava do Norte, Santa Cruz do Xingu, Novo Santo Antônio, Jangada, Araguaiana e Nossa Senhora do Livramento.

“É possível resolver o problema sem fechar delegacias”, diz Delegado Claudinei

 

ALMT cancela contratos de comida gourmet

| deixe sua opinião |

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui