Polícia Civil prende 15 integrantes de organização criminosa de roubos, furtos e homicídios

0

Quatorze integrantes de uma organização criminosa investigada por roubos e furtos ocorridos em chácaras e empresas (frigorífico e lojas de eletrodomésticos), no município de Várzea Grande, tiveram mandados de prisão cumpridos na manhã desta quarta-feira (27), na operação Maktub (expressão árabe que significa “já estava escrito”).

Na ação, uma pessoa também foi presa em flagrante, somando, ao todo, 15 presos na operação coordenada pelos delegados de polícia Elaine Fernandes, Afonso Monteiro e Guilherme Bertoli. Todos os envolvidos têm passagens criminais por roubos, furtos e receptação. Cinco deles também respondem por homicídio.

A operação foi deflagrada pela Delegacia Especializada de Repressão a Roubos e Furtos (Derf) do município, com apoio de policiais da Gerência de Operações Especiais (GOE) e Delegacia Especializada de Repressão a Roubos e Furtos de Veículos Automotores (Derrfva).

A delegada titular da Derf, Elaine Fernandes, explicou a operação. “Essa ação objetiva reprimir a prática de crimes patrimoniais em Várzea Grande, sobretudo, roubos e furtos, de modo a desarticular as associações criminosas que vem aterrorizando o município”, disse.

 

 



 

A Delegacia de Roubos e Furtos de Veículos (Derrfva) recebeu informações de que integrantes de uma associação criminosa iriam praticar roubo em um comércio na região central de Várzea Grande. A equipe conseguiu impedir a execução do crime, autuando Willian pela prática de corrupção de menor e associação criminosa.