Mato Grosso terá Frente Parlamentar pelo Livre Mercado

Deputado Ulysses Moraes(DC) conseguiu 16 assinaturas em apoio a criação de frente

0

Em sessão plenária, o deputado Ulysses Moraes (DC) apresentou um requerimento à Mesa Diretora da Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT), para o registro da Frente Parlamentar pelo Livre Mercado (FPLM), tendo como coordenador-geral o próprio requerente. A proposta já conta com o apoio de 16 parlamentares.

A FPLM será uma entidade constituída por representantes da Assembleia Legislativa com o objetivo à defesa e fomento da livre iniciativa, com “olhos” ao desenvolvimento do mercado, desregulamentação, equilíbrio da equação tributária, limitação legislativa, desburocratização e tudo que aprimore a eficácia dos fundamentos da ordem econômica sob defesa e ampliação da efetividade das garantias individuais que permitirão a organização de uma sociedade verdadeiramente livre e próspera.


A frente será dividida em “frentinhas”, cada uma focada no estudo de um setor produtivo do estado de Mato Grosso. Segundo Ulysses, um dos objetivos é reduzir o tempo necessário para a abertura de uma empresa em Mato Grosso. “Hoje, demora cerca de 45 dias para conseguir um CNPJ em Mato Grosso, tem gente que espera seis meses. Em São Paulo, demora um dia. O que difere São Paulo de Mato Grosso? Um carro de cachorro-quente precisa de cinco ou seis alvarás, o cara desiste de empreender antes de começar” observa o deputado.

  Plenário do STF mantém exigências para porte de arma por juízes

| deixe sua opinião |

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui