Vereador estaciona em local proibido e tem carro guinchado em Cuiabá

0
Foto: Reprodução

O vereador de Cuiabá (PSC) teve seu automóvel, um Jeep Renegade branco, guinchado por agentes da secretaria de Mobilidade Urbana (Semob), por estar estacionado em um local proibido na região do Centro Político Administrativo, na tarde desta quarta-feira (13).

Em um vídeo publicado nas redes sociais, minutos após seu carro ser rebocado, o parlamentar disse que parabenizou a ação dos agentes de trânsito e que em momento nenhum pensou em dar ‘carteirada’ por ser vereador. Ele também afirmou que precisou pegar uma carona com o colega de Câmara para ir embora.


Continua depois da publicidade-pix


“Vou pegar uma carona, porque eu estacionei o carro em um lugar errado e o guincho levou ele. Estou de carona, o meu carro foi guinchado. Eu cheguei nos agentes de transito e parabenizei eles, que fizeram um trabalho certo. Não vou dar ‘carteirada’, como algumas pessoas fazem”, declarou.

De acordo com a Semob, vários veículos estacionados irregularmente na região foram autuados e conseqüentemente guinchados.

-Continua depois da publicidade ©-

“A ação foi fruto de solicitação da 4º CIA do Palácio Paiaguás, que entrou em contato com a Pasta relatando a recorrência de infrações, como estacionamento irregular”, diz a nota emitida pela prefeitura.

Os motoristas infratores, incluindo o vereador, devem procurar pela empresa Rodando Legal, terceirizada da Semob. Para que os veículos sejam retirados deverão ser pagas as taxas de remoção (R$ 140), estadia (R$ 150), e possíveis penalidades aplicadas anteriormente.

Veja nota da prefeitura:

A respeito da operação que autuou uma série de veículos estacionados irregularmente na tarde desta quarta-feira (13), a Secretaria de Mobilidade Urbana (Semob), informa que:

– A ação foi fruto de solicitação da 4º CIA do Palácio  Paiaguás, que entrou em contato com a Pasta relatando a recorrência de infrações, como estacionamento irregular.

– Qualquer cidadão pode acionar os agentes para ações semelhantes.

– Os motoristas infratores devem procurar pela empresa Rodando Legal, terceirizada da Semob. Para que os veículos sejam retirados deverão ser pagas as taxas de remoção (R$ 140), estadia (R$ 150), e possíveis penalidades aplicadas anteriormente.

– Estacionar em local proibido é infração considerada como média, prevista pelo Código de Trânsito Brasileiro.





-Patrocinador-