O presidente Jair Bolsonaro (PSL) divulgou  na tarde de ontem, sábado (9), que irá ampliar a validade da Carteira Nacional de Habilitação (CNH). Entre as medidas está a ampliação da validade da CNH e o fim da obrigatoriedade de aulas em auto-escolas com simuladores.

Outra novidade que Bolsonaro comenta é que “medidas que afetam os caminhoneiros serão extintas ou revistas” e “revisões na questão do emplacamento”.

Em campanha Bolsonaro citou que iria aumentar de cinco para dez anos o prazo de validade da CNH, que passará por um processo de substituição em 2022, quando um novo modelo do documento, com chip, será adotado.