Virginia Mendes será homenageada em Mostra da Academia Mato-grossense de Letras

Poder Executivo será parceiro na realização da Mostra Cultural 300 Mulheres: Letras História e Equidade

0

O Governo do Estado de Mato Grosso, por meio da articulação da primeira-dama Virginia Mendes, será parceiro da Academia Mato-grossense de Letras na realização da Mostra Cultural 300 Mulheres: Letras História e Equidade, que será promovida no dia 14 de março, às 18h, na sede da AML.

Virginia Mendes será uma das homenageadas pelo seu papel mobilizador e pelas relevantes ações sociais já desenvolvidas pela capital mato-grossense, como empresária, economista e agora pela sua disposição de trabalhar a favor do desenvolvimento social de Mato Grosso, mesmo sem ocupar cargo público.

O convite foi feito nesta sexta-feira (08.02) pela juíza de Direito, Dra Amini Haddad e pela representante da Academia Mato-grossense de Letras, Rita Castro, representando o presidente da instituição literária, Sebastião Carlos Gomes de Carvalho.

Grupo do CenárioMT no WhatsApp 

Receba as principais notícias do dia direto no seu celular.

  ENTRAR NO GRUPO

“Buscamos na representatividade destas 300 mulheres homenagear figuras femininas do passado e do presente, nos mais diversos segmentos e áreas de atuação que, para além de seus projetos individuais, auxiliaram, ou ainda contribuem, para o desenvolvimento da nossa capital. A representatividade da primeira-dama Virginia Mandes se dá tanto pela sua trajetória de vida de superação como seus serviços prestados na área social”, destacou a juíza Amini Hadadd, que está à frente da organização do evento.

A secretária da Setas, Rosamaria Ferreira de Carvalho, também participou da reunião, que discutiu ainda outras ações que poderão ser desenvolvidas ao logo de 2019.

  Bacharel em direito que atuava como advogado sem exame da OAB em MT é condenado a pagar R$ 100 mil em ação trabalhista

Durante a Mostra 300 Mulheres também serão exibidas obras artísticas, peças de artesanato, além de proclamação de poesias e mostras de livros e pesquisas elaboradas por estudiosas da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), entre outras atrações artísticas.

A escolha das 300 mulheres remete aos três séculos de história da capital, em homenagem ao aniversário da cidade comemorado no próximo dia 08 de abril.

“Sou grata pelo convite e pela menção honrosa ao trabalho que fizemos com tanto carinho pela capital e que hoje buscamos expandir para os 141 municípios mato-grossenses, com as ações que serão desenvolvidas nos próximos quatro anos pela Secretaria de Estado de Trabalho e Assistência Social e outras demais secretarias com o foco na melhoria da qualidade de vida da população”, destacou a primeira-dama de Mato Grosso.

O apoio do Governo do Estado para mostra cultural da AML deverá ser viabilizado tanto na parte infraestrutura para realização do evento, como na indicação de manifestações artísticas para o evento, com o envolvimento da Secretaria de Estado de Cultura, Esporte e Lazer (Secel).

“Não tenho dúvidas de que essa será a primeira de muitas parcerias com ela e com o Governo do Estado, em ações de interesse público”, finalizou Amini Haddad.