Jogos terão um minuto de silêncio em homenagem a vítimas de incêndio

0

Todas as partidas organizadas pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF) terão, na próxima rodada, um minuto de silêncio como gesto de homenagem às vítimas do incêndio ocorrido no Centro de Treinamento do Flamengo, na madrugada de hoje (8). A tragédia deixou dez jovens mortos e três feridos.

Os sobreviventes são Jonathan Cruz Ventura, de 15 anos, que está em estado gravíssimo; Cauan Emanuel Gomes Nunes, de 14 anos; e Francisco Diogo Bento Alves, de 15 anos.


Também em sinal de memória aos atletas, comunicou a CBF, a Seleção Brasileira Sub 20 entrará em campo, na rodada final do Sul-Americano da categoria, com uniformes contendo a cor preta, representando luto. Além disso, as bandeiras da sede da entidade serão mantidas a meio-mastro, durante o luto oficial, de três dias, decretado pelas autoridades.

Na nota, a CBF escreve ainda que a perda dos atletas é “imensurável”.

“A tragédia causada pelo incêndio no Centro de Treinamentos do Clube de Regatas do Flamengo atinge, profundamente, a todos no futebol brasileiro. A perda é imensurável. Todas as vítimas são pessoas que investiram suas vidas e esperanças no futebol. Cada uma dessas vidas é preciosa e insubstituível. O futebol brasileiro está de luto. A CBF se une em solidariedade e orações às famílias das vítimas e ao Flamengo, neste momento de enorme tristeza. Que todos tenham muita força para ultrapassar este momento trágico, que interrompeu sonhos de protagonismo nos gramados e fora deles”, diz a entidade na mensagem.

  Titular em todos os jogos do Brasil de Pelotas no estadual sub-20, meia Jaisson celebra rápida adaptação na equipe de juniores: ”Posso evoluir ainda mais”

Edição: Lílian Beraldo