Unidades do Corpo de Bombeiros recebem equipamentos de mergulho e salvamento aquático

Os itens dão reforço a um dos trabalhos mais perigosos e frequentes na missão de bombeiro militar. No ano passado, foram registradas 91 ocorrências de afogamento e busca de desaparecidos em Mato Grosso.

0

O Corpo de Bombeiros Militar de Mato Grosso adquiriu conjuntos de equipamentos para missões de mergulho e salvamento aquático. Na manhã desta quinta-feira (07/01), os comandantes regionais do CBMMT receberam, no Comando Geral do Corpo de Bombeiros, em Cuiabá, os itens que serão levados a todos os batalhões e companhias independentes da corporação.

A aquisição visa equipar e melhorar o trabalho dos bombeiros especializados em mergulho. Em todo o Estado, foram registradas 91 ocorrências de afogamento e busca de desaparecidos, em 2018. O comandante geral, coronel BM Alessandro Borges, afirmou que o aporte com os equipamentos busca fortalecer o trabalho das equipes que têm atuado com bravura em missões tão delicadas e frequentes.


São 814 itens, entre roupas de mergulho, boias de flutuação, lanternas, máscaras, cilindros e nadadeiras, que complementarão os equipamentos já constantes nas unidades. Somente em janeiro de 2019, já foram registradas seis ocorrências de busca de desaparecidos em decorrência de afogamentos. O Corpo de Bombeiros realiza ações educativas de prevenção em escolas visando reduzir os casos de afogamento.

  Loja de autopeças pega fogo pela segunda vez

Comandantes Regionais

Os sete Comandantes Regionais do CBMMT vão estar reunidos, no período da tarde, ainda nesta quinta (07), para conhecer o plano de gestão 2019 do comandante geral, coronel BM Alessandro Borges, e do comandante geral Adjunto, coronel BM Vanderlei Bonoto. Além disso, os CRs discutirão a movimentação de militares e conhecerão o fluxograma da Diretoria Operacional.